Câmara aprova concessão de usina de processamento de resíduos sólidos à Cooperativa de Reciclagem

Projeto de lei nº 23/18, do Executivo, foi aprovado em primeira discussão durante a 16ª Sessão Ordinária e em discussão final durante a 12ª Extraordinária, convocada logo após o término dos trabalhos ordinários

Publicado em: 04 de julho de 2018

A Câmara Municipal de Charqueada aprovou na noite desta terça-feira (03), durante Sessão Ordinária e Extraordinária, o projeto de lei nº 23/18, que autoriza o Poder Executivo a conceder uma usina de processamento de resíduos sólidos domiciliares à Cooperativa de Trabalho das Catadoras e Catadores de Resíduos Sólidos de Charqueada. A propositura, acatada por unanimidade pelos vereadores, deu entrada na Casa em regime de urgência na 15ª Sessão Ordinária.

 

O imóvel e os respectivos bens ali alocados, todos pertencentes ao patrimônio público municipal, está localizado na Estrada Municipal dos Bortolotti, no bairro dos Alemães. De acordo com o texto do PL a concessão permite o uso do barracão, com 260 metros quadrados de construção, bem como seu anexo, que será utilizado como sede administrativa da concessionária, além de toda área circunvizinha que integra o imóvel.

 

A concessionária realizará no local a seleção e comercialização dos materiais recicláveis oriundos das coletas seletiva e convencional dos resíduos sólidos domiciliares no território de Charqueada, por meio da utilização de equipamentos descritos na propositura em questão, que também serão cedidos pelo município.

 

Na exposição da justificativa do referido projeto de lei o prefeito Romeu Verdi (PSDB) destaca a importância da sua aprovação. “Acreditamos que estamos dando um passo para melhorar as condições desses cooperados que fazem do lixo a base de seu sustento, trabalhando para melhorar as condições do meio ambiente, possibilitando maiores e melhores oportunidades de desenvolver seus trabalhos junto à nossa comunidade”, pontuou.


Publicado por: Alinne Schmidt

Cadastre-se e receba notícias em seu email