Em Paralisação na SP-191, representantes políticos e usuários protestam contra más condições da via

Movimento pacífico, de iniciativa dos vereadores de Charqueada, aconteceu neste sábado (10) e reuniu aproximadamente 70 pessoas; rodovia foi bloqueada por cerca de 20 minutos

Publicado em: 12 de novembro de 2018

Alvo de reivindicações há tempos, a Rodovia Estadual Carlos Mauro (SP-191), que liga Charqueada a São Pedro, e a demais municípios da região, foi paralisada por cerca de 20 minutos durante a tarde deste sábado (10). O ato, de iniciativa dos vereadores de Charqueada, em parceria com a Prefeitura Municipal, foi mais uma medida para cobrar urgente intervenção do Governo do Estado.

 

O movimento teve concentração em frente à Fazenda Araquá (Km 105,5) e contou com a participação de aproximadamente 70 pessoas. Foi uma paralisação organizada de forma pacífica, que priorizou o apoio da Polícia Militar e Rodoviária visando garantir tanto a segurança dos manifestantes quanto dos motoristas que trafegam pela via.

 

Além dos vereadores de Charqueada - Naldo Davanzo (PTB), Dinho Morelli (PPS), Vinícius Roccia (SD), Professor Rogerinho (PPS), Robson Obrownick (PTN), Jaime Fava (PSD), Romero Rocca (PSDB), Siri (PSB), Roberto Turmeiro (PSB), Wilson Tietz (PPS) - e de usuários da rodovia, participaram também da iniciativa a secretária de Governo, Valkíria Callovi; a secretária de Saúde, Waldirene Cassarotti, o procurador jurídico do município, Carlos Eduardo Del Pino; o prefeito de Ipeúna, José Antônio de Campos - o Zé Banana (PSD); o prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior - o Juninho da Padaria (DEM); o vereador de São Pedro, Carlos Eduardo de Oliveira – Du Sorocaba (PSB); o assessor do deputado estadual Roberto Morais (PPS), Fábio Silva e demais representantes políticos.

 

Para Naldo Davanzo, que esteve à frente do movimento, operações tapa-buracos não resolvem em definitivo os problemas. “É necessário uma reformulação completa da pavimentação”, afirmou. E ainda, de acordo com o vereador, o ideal seria a construção de um Anel Viário em Águas de São Pedro para desviar o tráfego pesado da SP-191.

 

Apelos constantes

A rodovia, de pista simples, tem movimento intenso de veículos de pequeno porte e, principalmente, de caminhões. De Charqueada a São Pedro são aproximadamente 17 quilômetros. A maior parte do asfalto está deteriorado, cedendo espaço a ondulações e buracos que chegam até 10 cm de profundidade. Devido ao excesso de imperfeições na via muitos motoristas se arriscam na contramão, na tentativa de desviar dos “obstáculos”, ampliando o risco de acidentes. Há, ainda, trechos sem acostamento e/ou com esta área ocupada pelo mato e também com o asfalto danificado.

 

O mau estado da referida rodovia, que se estende há tempos, já foi alvo de moção de apelo e de repúdio no Legislativo charqueadense, proposituras encaminhadas ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem), responsável pela manutenção da pista, e à Secretaria Estadual de Logística e Transportes, respectivamente. Também já foi motivo de solicitação de providências em caráter de urgência enviada pelo prefeito municipal Romeu Verdi (PSDB) à direção do DER. Ainda, a precariedade da pista já inspirou reportagens em veículos de comunicação da região e segue como objeto de diversas reivindicações e apelos de motoristas que transitam diariamente pela SP-191. No Facebook, inclusive, há o movimento Ocupe A Pista, também criado com o objetivo de lutar pela reforma completa da via.

 

Nas últimas semanas do mês de outubro o Departamento de Estradas de Rodagem anunciou uma operação tapa-buracos. A ação aconteceu em alguns trechos, mas ainda boa parte da rodovia permanece com buracos sem reparos.


Publicado por: Alinne Schmidt

Cadastre-se e receba notícias em seu email