Câmara aprova moção de repúdio de Wilson Tietz contra a instalação de praças de pedágios na Rodovia Hermínio Petrin

Propositura deliberada na 6ª Sessão Ordinária do Legislativo charqueadense será encaminhada ao governador do Estado de São Paulo, ao secretário de Estado de Transportes e ao diretor-geral da Artesp

Publicado em: 28 de março de 2019

O plenário da Câmara Municipal de Charqueada aprovou nesta terça-feira (26), na 6ª Sessão Ordinária, a moção nº 08/19, em que o vereador Wilson Tietz (PPS) repudia a instalação de praças de pedágios na Rodovia Hermínio Petrin (SP-308), que liga Piracicaba a Charqueada. O texto será enviado ao governador do Estado de São Paulo, João Dória (PSDB), ao secretário de Estado de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, e ao diretor-geral da Artesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo), Giovanni Pengue Filho.

 

Tietz destaca no teor da moção que a iniciativa em questão terá um impacto negativo junto à população charqueadense, já que a maioria dos munícipes trabalha em Piracicaba, e que a implantação do pedágio trará um peso imenso no orçamento dessas famílias, muitas delas já bastante comprometidas com a crise econômica que se perpetuou em todo o país.

 

Também enfatizou que a implantação de uma praça de pedágio irá afetar a prestação de serviços entre os dois municípios. “Seja no deslocamento de mercadorias, insumos e entregas das mais diversas, valores esses que serão instantaneamente repassados à nossa população”, ponderou.

 

O possível aumento na tarifa da principal linha de transporte intermunicipal entre Charqueada e Piracicaba também foi um ponto ressaltado pelo vereador na propositura. “É uma linha suburbana operada pela Viação Trevisan, ou seja, que tem todas as características de uma linha com tarifas mais baixas e que seria imediatamente afetada com a implantação do pedágio e consequente repasse dos valores nas tarifas, o que tornaria sua operação praticamente inviável, onerando ainda mais o bolso do trabalhador charqueadense, principalmente aquele que mais precisa”, disse o parlamentar.

 

Diante dos fatos o vereador ainda destacou que a propositura ressoa o total descontentamento da população, que manifesta-se intensamente contra a iniciativa. “Estamos junto da população; esperamos que sejamos ouvidos pelas autoridades estaduais. Manifestamos o nosso mais profundo descontentamento com a política que vem arrastando-se há anos no sentindo de permitir que as rodovias fiquem sem investimento até a sua completa exaustão para justificar sua concessão à iniciativa privada”, afirmou Tietz.


Publicado por: Alinne Schmidt

Cadastre-se e receba notícias em seu email