Professor e alunos da EMEB Erotídes de Campos criam site com conteúdos educacionais

Projeto Futuro Gênio, apresentado na Câmara Municipal, durante a 31ª Sessão Ordinária, foi concebido com o intuito de se tornar uma plataforma gratuita e facilitadora de estudos

Publicado em: 07 de dezembro de 2017

A 31ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Charqueada, que aconteceu na última terça-feira (5), foi marcada pela apresentação do projeto Futuro Gênio. Criado pelo professor de geografia da EMEB Erotídes de Campos, Wilson Moura, em conjunto com alunos do nono ano, o projeto consiste em um site (www.emeberotidesdecampos.com.br – aba Sala Virtual) com conteúdos educacionais que tem como objetivo ser uma plataforma gratuita e facilitadora de estudos, seja para aqueles que desejam ingressar em universidades, ou apenas aprimorar os conhecimentos fora das salas de aulas.

 

A convite do vereador Rogério Batista (PPS), Moura, que atualmente faz licenciatura em ciências na USP (Universidade de São Paulo) e mestrado no programa de ciências ambientais pela mesma instituição, fez uso da tribuna livre no Legislativo para explicar detalhes sobre a iniciativa que desde 2012 sonhava em colocar em prática, e conseguiu que fosse desenvolvida ao longo deste ano, com apoio da direção da escola. “Nesse tempo que eu tenho como professor sempre vi alunos que chegam ao nono ano não conseguirem ter acesso a alguns recursos para poderem dar sequência ao ensino médio. Na nossa região, que tem ETECs (Escolas Técnicas Estaduais), Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), e mais para frente tem as universidades para que eles possam ingressar, muitos não sabem o que é isso, e o pior de tudo, que é o que me deixa um pouco triste, é que eles acreditam que não conseguiriam passar (em processos seletivos)”, disse sobre a motivação da criação do projeto. “Então o site vem para isso, para possibilitar que os alunos tenham acesso à organização de conteúdos básicos: português, matemática, história, geografia e ciências”, destacou.

 

Inclusive, segundo Moura, um dos primeiros desafios durante o desenvolvimento do Futuro Gênio foi exatamente a escolha dos conteúdos. “Nós nos reunimos com os alunos, pegamos as últimas três provas do vestibular da ETEC, observamos quais foram as perguntas e os temas que mais caíram nessas provas, fizemos um levantamento das questões que mais são cobradas, e só depois desse levantamento procuramos os recursos para poder criar o site”, explicou. “E nós não criamos só o site, que é uma plataforma on-line, mas também o site da escola, da EMEB Professor Erotídes de Campos. Quem navegar por ele vai ter acesso à apresentação do nosso site e à aba denominada Sala Virtual, que é onde os alunos têm todos os conteúdos selecionados”, enfatizou.

 

O conteúdo disponibilizado também integra simulados da ETEC, além de videoaulas e textos para os estudantes consultarem. “Se o aluno tiver curiosidade, for fazer uma prova da ETEC, e quer saber quantas questões vai acertar, ele consegue ver no nosso site e também consegue ver quais questões e temas ele tem mais dificuldade”, informou. Há, inclusive, um vídeo explicando todas as etapas para acessar os materiais de estudo, seja pelo computador ou smartphone.

 

Inicialmente, o Futuro Gênio foi disponibilizado para alunos da rede municipal, mas a intenção de todos os envolvidos é expandi-lo, ainda de forma gratuita, para estudantes da rede estadual e para qualquer pessoa interessada. Para isso, professor e alunos pedem o apoio de pontenciais parceiros a fim de dar prosseguimento à empreitada no próximo ano.

 

ALUNOS ENGAJADOS - Letícia Basso, estudante do nono ano, aproveitou a oportunidade para expressar sua opinião em torno do projeto. “Como uma das realizadoras eu posso falar que foi algo muito positivo, deu um resultado muito bom. A maior dificuldade, porém, foi o acesso ao computador e à internet (problemas de conexão) na escola, o que causou também o atraso para a divulgação do site, mas apesar disso eu, particularmente, gostei muito e acho que tem futuro projetos como esse; temos que incentivar projetos assim para que isso não aconteça somente na nossa escola”, salientou.

 

Vinícius Bortoli, também estudante do nono ano, reivindicou apoio para a expansão do Futuro Gênio. “Eu gostaria de pedir apoio porque nós achamos a criação do site muito bacana e gostaríamos de levar para outras regiões também, para não ficar só aqui (em Charqueada), porque com apoio é sempre melhor. O site é muito legal e tem futuro sim”, ressaltou.


Publicado por: Alinne Schmidt

Cadastre-se e receba notícias em seu email